Fazendo a Base virar realidade: competências e o germe da comparação

Elizabeth Fernandes Macedo

Resumo


Neste texto, foco, especificamente, em um conjunto de materiais que se dedica a “fazer a Base virar realidade nas salas de aula”, produzido por uma articulação entre o MEC, as secretarias de educação e entidades do terceiro setor. Parto de uma noção pós-fundacional de política, segundo a qual toda hegemonia é marcada, desde o seu interior, por uma fratura e precisa, portanto, seguir sendo reinstituída. Dedico-me a entender como a noção de competência geral, que passou a estruturar a Base pós-impeachment, vem sendo significada no momento atual. Argumento que há um alinhamento da política educacional do País à governança da OCDE baseada na comparabilidade que, defendo, inviabiliza a educação como empreitada intersubjetiva. Por fim, sugiro o uso de outras referências para a construção de uma base de valorização profissional e condições de infraestrutura para uma educação de qualidade.


Palavras-chave


Políticas de currículo. BNCC. Competências. OCDE

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22420/rde.v13i25.967



Indexada em:

Bibliografia Brasileira de Educação (BBE – CIBEC/INEP/MEC).
Latindex – Sistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal.
Library of Congress (USA).
Rede RVBI - Rede Virtual de Bibliotecas Congresso Nacional.
SEER - Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas (IBICT/MCT).
EDUBASE - Base de Dados em Educação da UNICAMP.
Portal de Periódicos Científicos da CAPES.
CLASE - Citas Latinoamericanas en Ciencias Sociales y Humanidades (México)
Dialnet - BNE/UNIRIOJA/Fundación Dialnet (Espanha)
LivRe! (CIN/CNEN)
Diadorim (Ibict/MCTI)
Fundacao Biblioteca Nacional (RJ);
DOAJ - Directory of Open Access Journals (Dinamarca)
IRESIE - Indice de Revistas de Educación Superior e Investigación Educativa (IISUE/UNAM-México)