O “novo” ensino médio e o PNE: haverá recursos para essa política?

Nelson Cardoso Amaral

Resumo


O Governo Federal, por meio da Medida Provisória No 746 de 22/09/2016, promoveu alteração substancial no funcionamento do ensino médio no Brasil. Neste contexto está definida uma Política de Fomento que prevê a transferência de recursos financeiros às escolas que implantarem as mudanças. Entretanto, nos dez anos previstos para a Política de Fomento estará em vigor o congelamento dos recursos do Poder Executivo. Cabe perguntar: o MEC terá disponibilidade financeira para transferir recursos para desenvolver uma dupla ação de grande envergadura, a Política de Fomento e o PNE (2014-2024)?


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22420/rde.v11i20.759



Indexada em:

Bibliografia Brasileira de Educação (BBE – CIBEC/INEP/MEC).
Latindex – Sistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal.
Library of Congress (USA).
Rede RVBI - Rede Virtual de Bibliotecas Congresso Nacional.
SEER - Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas (IBICT/MCT).
EDUBASE - Base de Dados em Educação da UNICAMP.
Portal de Periódicos Científicos da CAPES.
CLASE - Citas Latinoamericanas en Ciencias Sociales y Humanidades (México)
Dialnet - BNE/UNIRIOJA/Fundación Dialnet (Espanha)
LivRe! (CIN/CNEN)
Diadorim (Ibict/MCTI)
Fundacao Biblioteca Nacional (RJ);
DOAJ - Directory of Open Access Journals (Dinamarca)
IRESIE - Indice de Revistas de Educación Superior e Investigación Educativa (IISUE/UNAM-México)