Docência na educação infantil durante a pandemia: percepções de professoras e professores

Lívia Maria Fraga Vieira, Bruno Tovar Falciano

Resumo


Este artigo apresenta e comenta a resposta dos/as docentes da educação infantil na pesquisa Trabalho Docente na Educação Básica em tempos de pandemia, realizada pelo Grupo de Estudos sobre Política Educacional e Trabalho Docente da UFMG, em parceria com a Confederação Nacional dos Trabalhadores da Educação (CNTE). Buscou-se conhecer os efeitos sobre as condições de vida e trabalho gerados pelo isolamento social e o uso intensivo de tecnologias digitais. Também se apresenta breve perfil da oferta institucional e profissional da educação infantil no Brasil, seguido de uma análise do comportamento do poder público municipal quanto às medidas em relação à pandemia. Verifica-se que na educação infantil os/as docentes apresentaram mais fragilidade que outras etapas da educação básica em relação a diferentes aspectos do trabalho remoto.


Palavras-chave


Trabalho docente. Educação infantil. Isolamento social. Pandemia Covid19.

Texto completo:

PDF

Referências


CONTAGEM. 2020. Percepções, reflexões e opiniões de profissionais da educação infantil da Rede Municipal de Contagem sobre o retorno. Contagem, Grupo de Pedagog@s da Educação Infantil da Rede Municipal de Ensino, 2020. (relatório)

DEMAILLY, Lise. Politique de la relation: approche sociologique des métiers et activités professionnelles relationnelles. Villeneuve d’Asq: Presses Universitaires du Septentrion, 2008.

GESTRADO. Trabalho docente na educação básica em tempos de pandemia. Relatório de Pesquisa. Belo Horizonte, UFMG, 2020. Disponível em . Acesso em: 20/set/2020.

INEP. Sinopse Estatística da Educação Básica 1999. [Planilha Eletrônica]. Brasília: Inep, 2000. Disponível em . Acesso em: 15/jul/2020.

INEP. Sinopse Estatística da Educação Básica 2019. [Planilha Eletrônica]. Brasília: Inep, 2020. Disponível em . Acesso em: 15/jul/2020.

INSTITUTO PENÍNSULA. Sentimento e percepção dos professores brasileiros nos diferentes estágios de Coronavírus. 2020. Disponível em: https://institutopeninsula.org.br/pesquisa-sentimento-e-percepcao-dos-professores-nos-diferentes-estagios-do-coronavirus-no-brasil/. Acesso em 30/set/2020.

MIEIB. Mapeamento Nacional das Ações das Secretarias e Conselhos de Educação no Período da Pandemia de COVID-19: Análise técnica das respostas das Secretarias de Educação. [Planilha Eletrônica]. Brasília: Mieib, 2020. Disponível em . Acesso em: 10/out/2020.

SILVA, Jefferson; FISHER, Frida. Invasão multiforme da vida pelo trabalho entre professores de educação básica e repercussões sobre a saúde. Revista de Saúde Pública, São Paulo, v. 54, n. 3, p. 1- 8, 2020.

SOLDATELLI, Rosangela. Processo de adoecimento de professores amplia durante pandemia. In: Esquerda Marxista: corrente marxista internacional, 2020. Disponível em: . Acesso em: 10/out/2020.

UNDIME. Desafios das Secretarias Municipais de Educação na oferta de atividades educacionais não presenciais. In: Educação Pública Eu Apoio, 2020. Disponível em: . Acesso em: 20/set/2020.




DOI: https://doi.org/10.22420/rde.v14i30.1224



Indexada em:

Bibliografia Brasileira de Educação (BBE – CIBEC/INEP/MEC).
Latindex – Sistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal.
Library of Congress (USA).
Rede RVBI - Rede Virtual de Bibliotecas Congresso Nacional.
SEER - Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas (IBICT/MCT).
EDUBASE - Base de Dados em Educação da UNICAMP.
Portal de Periódicos Científicos da CAPES.
CLASE - Citas Latinoamericanas en Ciencias Sociales y Humanidades (México)
Dialnet - BNE/UNIRIOJA/Fundación Dialnet (Espanha)
LivRe! (CIN/CNEN)
Diadorim (Ibict/MCTI)
Fundacao Biblioteca Nacional (RJ);
DOAJ - Directory of Open Access Journals (Dinamarca)
IRESIE - Indice de Revistas de Educación Superior e Investigación Educativa (IISUE/UNAM-México)