A ruptura de um Projeto Político Pedagógico na periferia das periferias

Maria Cristina Schefer, Gelsa Knijnik

Resumo


O projeto político pedagógico (PPP) é um dos documentos representativos da gestão Democrática na escola. Nele constam as proposições das comunidades escolares que podem dar singularidade ao processo educativo. Este estudo, de tipo etnográfico, que teve como base a legislação nacional e as contribuições de Bauman, evidencia o impedimento da gestão de um PPP, em vista de um “ato administrativo de costume”: o banimento de profissionais da educação de escolas centrais para uma escola da periferia das periferias.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22420/rde.v11i20.628



Indexada em:

Bibliografia Brasileira de Educação (BBE – CIBEC/INEP/MEC).
Latindex – Sistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal.
Library of Congress (USA).
Rede RVBI - Rede Virtual de Bibliotecas Congresso Nacional.
SEER - Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas (IBICT/MCT).
EDUBASE - Base de Dados em Educação da UNICAMP.
Portal de Periódicos Científicos da CAPES.
CLASE - Citas Latinoamericanas en Ciencias Sociales y Humanidades (México)
Dialnet - BNE/UNIRIOJA/Fundación Dialnet (Espanha)
LivRe! (CIN/CNEN)
Diadorim (Ibict/MCTI)
Fundacao Biblioteca Nacional (RJ);
DOAJ - Directory of Open Access Journals (Dinamarca)
IRESIE - Indice de Revistas de Educación Superior e Investigación Educativa (IISUE/UNAM-México)