Sindicalismo, saúde e segurança no trabalho - Desafios na escola pública brasileira

Mário César Ferreira, Amarilio Ferreira Junior

Resumo


As metamorfoses aceleradas no mundo do trabalho contemporâneo, impulsionadas pelo processo de reestruturação produtiva, têm agravado as condições de trabalho, saúde e segurança dos trabalhadores. Nesse contexto, os dilemas do ensino básico no Brasil e o trabalho de educar nas escolas públicas têm posto a saúde e a segurança dos profissionais da educação permanentemente em risco. Com base nesse cenário, o artigo aponta os principais desafios que estão postos ao movimento sindical da categoria para a promoção da saúde e da segurança no trabalho.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22420/rde.v6i11.219



Indexada em:

Bibliografia Brasileira de Educação (BBE – CIBEC/INEP/MEC).
Latindex – Sistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal.
Library of Congress (USA).
Rede RVBI - Rede Virtual de Bibliotecas Congresso Nacional.
SEER - Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas (IBICT/MCT).
EDUBASE - Base de Dados em Educação da UNICAMP.
Portal de Periódicos Científicos da CAPES.
CLASE - Citas Latinoamericanas en Ciencias Sociales y Humanidades (México)
Dialnet - BNE/UNIRIOJA/Fundación Dialnet (Espanha)
LivRe! (CIN/CNEN)
Diadorim (Ibict/MCTI)
Fundacao Biblioteca Nacional (RJ);
DOAJ - Directory of Open Access Journals (Dinamarca)
IRESIE - Indice de Revistas de Educación Superior e Investigación Educativa (IISUE/UNAM-México)