Discussão sobre gênero nas escolas: ações e resistências

Eliane Rose Maio, Márcio de Oliveira, Reginaldo Peixoto

Resumo


As discussões relacionadas a gênero devem ser frequentes nas práticas escolares, sobretudo pelo fato de a escola contribuir na formação de seus/suas alunos/as por um longo período de tempo. O presente manuscrito tem como objetivo geral traçar um panorama sobre as questões de gênero em alguns documentos oficiais brasileiros e apresentar propostas de práticas escolares envolvendo o tema. Utilizamos de pesquisas bibliográficas e documentais, de caráter exploratório e qualitativo. É possível concluir que há, ainda, um pânico moral que perpetua nos espaços escolares, para se trabalhar com esta temática, apesar de ter materiais, científicos, suficientes para atuar nas instituições.

Palavras-chave


Gênero. Documentos oficiais. Práticas escolares.

Texto completo:

PDF

Referências


ALENCAR, José de. Senhora. 1875. Disponível em . Acesso em: 24 abr. 2020.

ALTMANN, Helena. Orientação sexual nos parâmetros curriculares nacionais. Rev. Estud. Feministas, Florianópolis, v. 9, n. 2, p. 575-585, 2001.

APPLE, Michael Withman. Conhecimento oficial: a educação democrática numa era conservadora. Tradução de Maria Isabel Edelweiss Bujes. 2. ed. Petrópolis/RJ: Vozes, 1999.

ARAÚJO, Denise Bastos; CRUZ, Izaura Santiago; DANTAS, Maria da Conceição Carvalho. Gênero e sexualidade na escola. Salvador: UFBA, 2018.

BALESTERO, Gabriela Soares. O direito à diversidade sexual no Brasil e os efeitos violentos do descaso do poder legislativo federal. Revista Espaço Acadêmico, Maringá, v. 11, n. 123, ago., 2011, p. 05-16.

BANDEIRA, Lourdes Maria. Violência de Gênero: a construção de um campo teórico e de investigação. Revista Soc. e Est., Brasília, v. 29, n. 02, mai./ ago., 2014.

BRANDÃO, Paula de Freitas; SANTANA, Tereza. O “kit gay”: na saúde e na educação um kit de polêmicas. Caos – Revista Eletrônica de Ciências Sociais, João Pessoa, n. 18, set. 2011, p. 167-176.

BRANDÃO, Elaine Reis; LOPES, Rebecca Faray Ferreira. “Não é competência do professor ser sexólogo” – o debate público sobre gênero e sexualidade no Plano Nacional de Educação. Civitas, Porto Alegre, v. 18, n. 01, p. 100-123, jan./abr., 2018.

BARROCO, Maria Lúcia S. Barbárie e neoconservadorismo: os desafios do projeto ético-político. Ser. Soc. & Soc., São Paulo, n. 106, p. 205-218, abr./jun. 2011.

BRASIL. Projeto de Lei da Câmara nº. 103, de 2012. 2012. Disponível em: . Acesso em: 21 maio 2020.

BRASIL. Plano Nacional de Educação – Lei nº. 13.005/2014. Brasília: Presidência da República, 2014a.

BRASIL. Parâmetros Curriculares Nacionais: pluralidade cultural, orientação sexual. Brasília: MEC/SEF, 1997.

BRASIL. Brasil Sem Homofobia: Programa de combate à violência e à discriminação contra LGTB e promoção da cidadania homossexual. Brasília: Ministério da Saúde, 2004.

BRASIL. Projeto de Lei nº 7180/2014. Brasília: Câmara Federal, 2014b. Disponível em: . Acesso em: 22 abr. 2020.

BRASIL. Projeto de Lei nº 502/2019. Brasília: Câmara Federal, 2019. Disponível em: . Acesso em: 22 abr. 2020.

BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Brasília: Presidência da República, 1996.

BRASIL. CÂMARA FEDERAL. Projeto de Lei da Câmara nº 122/2006. Disponível em: https://www25.senado.leg.br/web/atividade/materias/-/materia/79604. Acesso em: 22 mai. 2020.

BUTLER, Judith. Problemas de Gênero: feminismo e subversão da identidade. 8. ed. Trad.: Renato Aguiar. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2015.

CNS. CNS recomenda que governo cancele campanha de abstinência sexual. 2020. Disponível em: . Acesso em: 23 abr. 2020.

COLE. Babette. Príncipe Cinderelo. São Paulo: Martins Fontes, 2011.

FURLANI, Jimena. Sexos, sexualidades e gêneros: monstruosidades no currículo da Educação Sexual. Educação em Revista. Belo Horizonte, n. 46, dez. 2007, p. 269-285.

GUIMARÃES, Isaura. Educação Sexual na Escola: mito e realidade. Campinas/SP: Mercado de Letras, 1995.

JESUS, Jaqueline Gomes de. Orientações sobre identidade de gênero: conceitos e termos. 2. ed. Brasília, 2012.

LARROSA, Jorge. Sobre a lição. In: LARROSA, Jorge. Pedagogia Profana: danças, piruetas e mascaradas. 5. ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2010, p. 139-146.

LOPES, Laís Godoi. Coleção Cadernos de Direitos Humanos: Cadernos Pedagógicos da Escola de Formação em Direitos Humanos de Minas Gerais. EFDH-MG Direitos Humanos e Cidadania: Proteção, promoção e reparação dos Direitos das Pessoas LGBT e de identidade de gênero V.07. Belo Horizonte: Marginália Comunicação, 2016.

LOURO, Guacira Lopes. Pedagogias da Sexualidade. In: LOURO, G. L. O corpo educado: pedagogias da sexualidade. 2. ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2001, p. 07-34.

MAIO, Eliane Rose. História da educação sexual no Brasil: dos ginásios vocacionais à Nova LDB (1960-1980). Doxa, Araraquara, v.17, n.1 e 2, 2013, p.183-219.

MEYER, Dagmar Estermann. Gênero e educação: teoria e política. In: LOURO, G. L.; FELIPE, J.; GOELLNER, S. V. (Orgs.). Corpo, Gênero e Sexualidade: um debate contemporâneo na educação. 6. ed. Petrópolis/RJ: Vozes, 2010, p. 09-28.

OLIVEIRA JÚNIOR, Isaías Batista; MAIO, Eliane Rose. Diversidade sexual e homofobia: a cultura do “desagendamento” nas políticas públicas educacionais. Práxis Educativa, Ponta Grossa, v. 10, n. 1, jan./jun. 2015, p. 35-54.

OLIVEIRA, Márcio de. Políticas públicas e violência sexual contra crianças e adolescentes: Planos Municipais de Educação do Estado do Paraná como documentos de (não) promoção da discussão. 136f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Estadual de Maringá. Maringá, 2017.

PROENÇA, Graça. História da Arte. São Paulo: Ática, 1994.

RIBEIRO, Daniel. Eu não quero voltar sozinho. 2010. Disponível em: . Acesso em: 25 abr. 2020.

RIBEIRO, Marcos. Menino Brinca de Boneca? 3. ed. rev. e reform. São Paulo: Moderna, 2011.

RIBEIRO, Daniel. Hoje eu quero voltar sozinho. 2014. Disponível em: . Acesso em: 25 abr. 2020.

TEIXEIRA, Inês Assunção de Castro; LOPES, José de Sousa Miguel. A diversidade cultural vai ao cinema. Belo Horizonte: Autêntica, 2006.

SOUZA, Florentina. Gênero e "raça" na literatura brasileira. Estudos de Literatura Brasileira Contemporânea. Brasília, n. 32, p. 103-112, 2008.




DOI: https://doi.org/10.22420/rde.v14i28.1083



Indexada em:

Bibliografia Brasileira de Educação (BBE – CIBEC/INEP/MEC).
Latindex – Sistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal.
Library of Congress (USA).
Rede RVBI - Rede Virtual de Bibliotecas Congresso Nacional.
SEER - Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas (IBICT/MCT).
EDUBASE - Base de Dados em Educação da UNICAMP.
Portal de Periódicos Científicos da CAPES.
CLASE - Citas Latinoamericanas en Ciencias Sociales y Humanidades (México)
Dialnet - BNE/UNIRIOJA/Fundación Dialnet (Espanha)
LivRe! (CIN/CNEN)
Diadorim (Ibict/MCTI)
Fundacao Biblioteca Nacional (RJ);
DOAJ - Directory of Open Access Journals (Dinamarca)
IRESIE - Indice de Revistas de Educación Superior e Investigación Educativa (IISUE/UNAM-México)